Agenda Municipal / Dança Dançar em Tempo de Guerra

Anu lado
Casa das Artes - Grande Auditório |  21h30
Companhia Nacional de Bailado
Apresentações integradas na programação do Festival Cumplicidades 2020 e europeia

CHRONICLE de MARTHA GRAHAM
Estreado em dezembro de 1936, Chronicle é uma resposta da coreógrafa americana Martha Graham à ameaça do fascismo na Europa. Não traduzindo uma representação realista dos acontecimentos, a intenção é antes universalizar a tragédia da guerra. Originalmente criado em cinco secções, foi, entretanto, remontado pela Martha Graham Company e é hoje apresentado numa versão reduzida a três secções: Spectre-1914, Steps in the Street e Prelude to Action. Esta é a primeira vez que o trabalho de Martha Graham, referência da dança moderna, é dançado pela CNB.

ESTREIA ABSOLUTA

Nova Iorque, Guild Theatre, 20 de dezembro de 1936
A MESA VERDE de KURT JOOSS
Em julho de 1932, do coreógrafo alemão Kurt Jooss estreou A Mesa Verde no Théâtre des Champs-Elysées em Paris. Inspirado por uma dança da morte medieval e pelo rescaldo da primeira guerra mundial, esta obra retrata várias facetas da guerra, começando com uma conferência e passando pela mobilização, o combate, a especulação de guerra, os refugiados e, novamente, a conferência; a morte está sempre presente. Considerada uma das obras coreográficas mais marcantes do século XX, A Mesa Verde é também o mais emblemático trabalho de Jooss tendo recebido o primeiro prémio do Concurso de Coreografia organizado por Les Archives International de la Danse em Paris.

Entrada 10 Eur
Estudantes, Cartão Quadrilátero Cultural e Seniores a partir dos 65 anos: 5 Eur
Classificação: M/6
Duração: 60 min.

1503 leituras