Agenda Municipal / Teatro Não sei como dizer-te que a minha voz te procura (estreia)

Ter 26 Mar
Programa Casa das Artes (Poética da Palavra)


Casa das Artes | Grande Auditório - 21h30

Entrada: 4 euros. Estudantes, Cartão Quadrilátero Cultural e Seniores (a partir de 65 anos): 2 euros | Classificação: M/12 | Duração: 70 min.

Cá estamos nós na poesia, outra vez… 
Em tempos insanos, como os que vivemos, em que palavras de ódio e notícias de atos desumanos nos ensombram os sentidos, quando já nos julgamos imunes à beleza das pequenas coisas, de repente, embarramos num livro, por acaso, ele cai e abre-se para nós. Baixamo-nos para pegar nele e, sem querer, lemos o primeiro verso do poema: 
Regresso devagar ao teu sorriso como quem volta a casa…
Sem darmos por isso, ficamos no chão a reler palavras que nos confortam e nos protegem com o beijo do poeta, cuja saliva teima em alimentar as sementes do amor e da esperança nos versos que estão em nós! E sentimos uma alegria inusitada a crescer, que nos faz levantar e nos anima a espalhar palavras e sons e música ao encontro de corações.
Sim, estamos de volta a casa! A poesia acolhe-nos com um abraço caloroso! A porta está aberta a quem quiser entrar…

Ficha técnica
Dramaturgia e direcção: Emília Silvestre
Fonte: a partir do poema "Tríptico" de Herberto Hélder
Música e desenho de som: Ricardo Pinto
Movimento: João Oliveira
Produção: ACE Famalicão
Interpretação: alunos do 3º ano do Curso de Interpretação da ACE Famalicão
Coprodução: Casa das Artes de Famalicão e ACE Escola de Artes de Famalicão 


857 leituras