Agenda Municipal / Webinar Família – Trabalho E Lazer

Sex 05 Fev
Programa da Comunidade Paroquial de Santo Adrião

XVI Jornada Da Família: Família – Laboratório Da Caridade
Online: www.facebook.com/ParoquiaStoAdriaoVilaNovaDeFamalicao

Organizacão: Equipas de pastoral familiar de São Martinho de Brufe e de Santo Adrião de Vila Nova de Famalicão.

“Família – trabalho e lazer” é o primeiro tema, o qual conta com reflexão da Dra. Fátima Amorim, esposa e mãe, formada na área das finanças e da consultadoria. É membro da Associação Cristã de Empresários e Gestores (ACEGE). O seu trabalho é essencialmente entre empresários e gestores.

Estamos num processo de mudança acelerado. A pandemia apressou ainda mais este processo e tornou evidentes os desníveis de crescimento humano e económico entre os povos. No que diz respeito ao trabalho e consequentemente às famílias, há mudanças óbvias. Não só surgem novas formas e lugares de trabalho como o teletrabalho, mas também se aposta cada vez mais na inteligência artificial, na mecanização... pondo em risco muitos empregos. As novas tecnologias são uma realidade com um futuro promissor.

A família, consequentemente, é afetada por toda esta andança apressada do mundo. Contudo, podemo-nos perguntar se efetivamente a família está a conseguir aguentar todo este processo de mudança, se a família tem tempo para crescer e fazer crescer novos homens e mulheres para este novo mundo.

Um trabalho que não potencie nem desenvolva o homem ou a mulher, que não o dignifique nem os humanize, poderá não ser o trabalho de que a humanidade precise enquanto tal.
Um trabalho que exclua o factor família e tudo o que a envolva, poderá impedir o futuro de muitos homens e mulheres, por lhe faltarem as bases humanas para uma vida saudável e fecunda.

O equilíbrio entre o trabalho e o descanso são ainda factores que não se excluem. O lazer é uma componente humana, que quando é potenciada na infância e em família, cria disposições interiores para um futuro mais promissor para todos.

Estes são os nossos pontos de partida para um diálogo que será seguramente interpelante para o tempo que estamos a viver.
Fazemos votos que participem e convidem outros a participar.


2222 leituras