Cultura e Turismo Obras de renovação e restauro concedem traça original à Casa de CamiloAmbiente Cortes no abastecimento de água em Pousada de SaramagosCOVID-19 Marchas Antoninas 2021 canceladasAtualidade INE recruta 11 mil recenseadores para os Censos 2021 para conhecer os portuguesesCOVID-19 Câmara de Famalicão implementa novas medidas para o período de confinamentoAmbiente Realização de podas na Avenida 25 de AbrilAtualidade Famalicenses mostram veia solidária COVID-19 Famalicão alarga entrega gratuita de refeições ao domicílio para todos os dias da semana ao jantarSaúde Câmara equipa dez infraestruturas municipais com desfibrilhadores automáticosAtualidade Intervenção urgente vai obrigar ao corte de trânsito na Rotunda Parque 1.º de MaioMobilidade Intervenção na Rotunda do Parque 1º de Maio obriga alterações ao trânsito entre 15 e 31 de janeiroCOVID-19 Técnicos do município apoiam no rastreio à Covid 19Freguesias Joane vai ganhar um novo espaço multiusosEmpreendedorismo e Inovação Pão fresco à porta de casa chega ao digitalReabilitação Urbana Programa Estratégico de Reabilitação Urbana para o centro de Famalicão está em discussão públicaCultura e Turismo Casa das Artes mantém oferta diversificada para todos os públicosCultura e Turismo “Programar em Rede” com candidaturas abertasReabilitação Urbana Centro urbano de Famalicão vai ter sistema inovador de drenagens sustentáveisAtualidade Famalicão cancela Carnaval 2021Educação Rede de formação profissional com 400 mil horas disponíveisAtualidade Voto antecipado nas presidenciaisAtualidade Candidaturas ao Prémio “Minho Storytelling – Novos Olhares sobre o Minho” com prazo alargadoDesporto Câmara já apoiou a colocação de iluminação LED em 20 recintos desportivosAtualidade Novo boletim municipal aponta o caminho do futuro em Famalicão

Agenda Municipal / Teatro AirBNB e Nuvens + Wake-Up

Adia -do
Programa Casa das Artes | Poética da Palavra | Encontros de Teatro (Capítulo 3)

Bilhete único
Entrada: 6 euros. Estudantes, Cartão Quadrilátero Cultural e Seniores (a partir de 65 anos): 3 Euros
 
AirBNB e Nuvens (Estreia)
Coprodução: A Turma, Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão, Teatro Virgínia, Teatro Nacional São João
Casa das Artes | Grande Auditório - 19h30

Uma rádio-novela com texto de Luísa Costa Gomes - Encenação de Manuel Tur e Interpretação de Diana Sá, Eduardo Breda, João Castro, Pedro Almendra e Teresa Arcanjo | Classificação: M/12 | Duração: 70 min
Em “Airbnb e Nuvens” Manuel Tur entrega-se a uma íntima reflexão sobre o processo de comunicação e expõe em palco a mecânica da comunicação radiofónica, os seus artifícios, recursos e métodos. Mais importante do que a exposição que se queira levar a cena, de tudo quanto aí venha a acontecer, interessa, acima do mais, dar a ouvir, simples e ludicamente, por puro prazer. Transmitir esse gozo que é, na verdade, a génese da rádio. Uma “rádio-novela” sobre um país falido, alugado e com a mania das grandezas (sim, Portugal), escrita pela mão sarcástica de Luísa Costa Gomes.


Wake-up
Coprodução Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão, Teatro Nacional São João, Teatro Virgínia

Casa das Artes | Grande Auditório - 21h00
Tradução: Luís Mestre | Interpretação: António Afonso Parra | Encenação: António Afonso Parra, Luís Araújo | Produção: A Turma | Classificação: M/16 | Duração: 60 min

A partir de Wake Up And Smell The Coffee de Eric Bogosian, uma cocriação de António Afonso Parra & Luís Araújo . WAKE UP é um trabalho de reescrita e adaptação do texto “Wake Up And Smell The Coffee” do Eric Bogosian. Este monólogo, primeira criação assinada por António Parra, cruza a linguagem dos dois criadores com a escrita cáustica e lancinante de Bogosian diluindo a fronteira entre teatro e stand-up, entre intérprete e público e ator e personagem. Nesta reescrita aponta-se o foco ao público: a sede de sucesso, a ansiedade que isso provoca, a espiritualidade pop, o caos e a alienação da vida pós-moderna. Uma sucessão vertiginosa de personagens moralmente questionáveis e à deriva entre a conformidade e a hipocrisia procuram desesperadamente capitalizar a dor, a miséria e o desastre.

522 leituras