COVID-19 Bolsa de Voluntários Covid 19 com quase 100 inscritos num diaCOVID-19 Famalicão cria apoio extraordinário às rendasEducação Plataforma + Cidadania estendida à educação Pré-escolarCOVID-19 Famalicão cria bolsa de voluntários Covid 19COVID-19 Voluntariado COVID-19 - InscriçõesCultura e Turismo “Há Cultura” em casa dos famalicensesCOVID-19 Centro de Rastreio móvel de Famalicão começa a funcionar na próxima segunda-feiraMúsica Jovem Orquestra de Famalicão – InscriçõesCOVID-19 Paulo Cunha lança 30 medidas para combater a Covid 19 e apoiar famílias e empresasCOVID-19 Famalicão instala hospital de retaguarda e centro de rastreio à COVID-19Ambiente Gaivota da Islândia passa inverno em FamalicãoCultura e Turismo Famalicão reúne jovens músicos para estágio em orquestraCOVID-19 Paulo Cunha reclama urgência na criação de laboratório para realização de testes em FamalicãoCOVID-19 Câmara disponibiliza verba para que rastrear utentes dos lares do concelhoCOVID-19 Câmara equipa primeira linha de combate à pandemia com material de proteção individualCOVID-19 Câmara garante apoio financeiro extraordinário do município aos BombeirosCOVID-19 COVID-19: Câmara continua a assegurar refeições escolares durante as férias da PáscoaMobilidade Aviso de Trânsito: Rua Álvaro CastelõesMobilidade Aviso de Trânsito: Centro UrbanoCOVID-19 Câmara oferece apoio psicológico à populaçãoFreguesias Expansão da área central de Joane em discussão públicaCOVID-19 Famalicão cria Linha “Mais e Melhores Anos” para acompanhar e apoiar seniores do concelhoAtualidade Câmara avança com construção do Centro de Recolha Animal COVID-19 Câmara de Famalicão dá aulas de atividade física online

Agenda Municipal / Teatro A Comédia da Marmita, de Plauto

Sáb 22 Fev
XIV Festival de Teatro Amador Terras de Camilo
Auditório do Centro de Estudos Camilianos | 21h30

A peça “ A Comédia da Marmita”, escrita por Plauto, comediógrafo romano (254 a.C. – 184 a.C), é considerada uma comédia de intriga e caráter. Como comédia de intriga, o enredo gira em torno das peripécias e equívocos de Euclião, um pobre velho que um dia descobriu na sua lareira uma marmita cheia de ouro e ficou de tal forma cego por ele que vive atormentado com a sua perda. Por outro lado, esta peça centra-se também na história de amor da filha de Euclião, grávida de Licónides. Os dois enredos desenrolam-se, independentemente um do outro, porém surgem entrelaçados, visto que os incidentes (o roubo da marmita, e a confissão de Licónides) apressam vertiginosamente o seu desfecho. Como comédia de caráter, a peça destaca a avareza de Euclião, um velho desconfiado e de rude trato que tenta a todo o custo esconder o ouro dos olhares mais cobiçosos. Como tal, a sua figura cai no ridículo quando intenta através de diversas artimanhas ocultar o seu tesouro. No fundo, Plauto pretendeu pintar Euclião como uma figura caricata e um pobre diabo que ficou transtornado com a súbita descoberta do ouro.
Assim, neste exercício teatral, adaptado a partir do original da obra de Plauto, o espetáculo decorre com graça e riso, integrando momentos de música e dança, procurando desta forma recriar em palco cenas hilariantes de diversão e comicidade. Neste âmbito, o teatro de Plauto serve-se essencialmente do gesto e da caricatura para provocar efeitos cómicos já que se assume como um teatro voltado para as massas populares com o intuito de arrancar uma boa gargalhada do público. (…)

Companhia Teatral: Nova Comédia Bracarense (Braga)

Ficha Artística/Elenco |
Euclião - Manuela Ribeiro
Estáfila - Helena Machado
Fedra - Etelvina Sousa
Eunómia - Helena Guimarães
Licónides - Vitor Machado
Megadoro - Vasco Oliveira
Pitódico - Sérgio Coelho
Ântrax - Filipe Amorim
Congrião - Miguel Araújo
Mácio/Estrobilo - Joshua Swift
Vestais - Helena Guimarães, Helena Machado, Etelvina Sousa, Liliana Braga

Ficha Técnica |
Encenação - José Manuel Barros
Assist. Encenação - Liliana Braga
Figurinos - .Srª Rosa
Cenografia - Diamantino Esperança
Luminotécnica - Francisca Barbosa
Sonoplastia - José Manuel Barros
Caracterização - Coletiva NCB
Direção artística - Carlos Barbosa

Organização:
Município de Vila Nova de Famalicão/Divisão de Cultura e Turismo
Grutaca – Grupo de Teatro Amador Camiliano

Colaboração:

Casa de Camilo – Museu / Centro de Estudos Camilianos
Centro Social e Paroquial de Seide S. Miguel
Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco

Apoios
União de Freguesias de Seide
Restaurante S. Miguel (Seide S. Miguel)
Restaurante O Toneco (Bente)
Café Snack-Bar Novo Milénio (Seide S. Paio)
Café Camiliano (Seide S. Miguel)
Café Popular, (Seide S. Miguel)
Cervejaria Avenida, (Santa Marinha – Landim)
EB1 e Jardim de Infância de Seide, Avidos e Lagoa e Landim


Contactos e Informações
Gabinete de Animação Sócio Cultural,
Telefone: 252 320 900

Grutaca, Grupo de Teatro Amador Camiliano
Telefone: 938 420 394

Entrada livre, mediante inscrição e até à lotação das salas.


299 leituras

Eventos que vão acontecer

Sáb 23 Mai

Teatro

Entre a Flauta e a Viola, de Camilo Castelo Branco

XIV Festival de Teatro Amador Terras de Camilo
Auditório do Centro de Estudos Camilianos | 21h30
Entrada livre, mediante inscrição e até à lotação das salas.
Sáb 16 Mai

Teatro

Romeu & Julieta, de William Shakespeare

XIV Festival de Teatro Amador Terras de Camilo
Auditório do Centro de Estudos Camilianos | 21h30
Entrada livre, mediante inscrição e até à lotação das salas.
Sáb 02 Mai

Teatro

Maldição de Mãe, de Isabel de Oliveira Martins

XIV Festival de Teatro Amador Terras de Camilo
Auditório do Centro de Estudos Camilianos | 21h30
Entrada livre, mediante inscrição e até à lotação das salas.
Adia do

Teatro

O Sherlock, de Chagas Roquette e Álvaro Lima

XIV Festival de Teatro Amador Terras de Camilo
Auditório do Centro de Estudos Camilianos | 16h00
Entrada livre, mediante inscrição e até à lotação das salas.
Adia do

Teatro

Os Maridos da Viúva, de Francisco Ribeiro e Henrique Santana

XIV Festival de Teatro Amador Terras de Camilo
Auditório do Centro de Estudos Camilianos | 21h30
Entrada livre, mediante inscrição e até à lotação das salas.
Adia do

Teatro

Pão Nosso, de Cândido Sobreiro

XIV Festival de Teatro Amador Terras de Camilo
Auditório do Centro de Estudos Camilianos | 16h00
Entrada livre, mediante inscrição e até à lotação das salas.
Adia do

Teatro

Meu Marido que Deus Haja, de André Brun

Mostra de Teatro Amador Terras de Camilo
Auditório do Centro de Estudos Camilianos | 21h30
Entrada livre, mediante inscrição e até à lotação das salas.
Anu lado

Teatro

A importância de ser Ernesto, de Oscar Wilde

XIV Festival de Teatro Amador Terras de Camilo
Auditório do Centro de Estudos Camilianos  | 21h30
Entrada livre, mediante inscrição e até à lotação das salas.
Anu lado

Formação e Workshops

Oficina de Teatro: A Colocação de Voz

XIV Festival de Teatro Amador Terras de Camilo
Centro Social e Paroquial de Seide S. Miguel |  21h30
Comemoração do Dia Mundial do Teatro
Entrada livre, mediante inscrição e até à lotação das salas.
Anu lado

Teatro

Beatriz e o Peixe Palhaço

XIV Festival de Teatro Amador Terras de Camilo
Centro Social e Paroquial de Seide S. Miguel | 10h00
Comemorações do Dia Mundial do Teatro
Entrada livre, mediante inscrição e até à lotação das salas.
Anu lado

Teatro

O mundo da criança, de Felipe Silva

XIV Festival de Teatro Amador Terras de Camilo
Auditório do Centro de Estudos Camilianos | 16h00
Entrada livre, mediante inscrição e até à lotação das salas.
Sáb 07 Mar

Teatro

Hábitos de Bebida, de Tom Smith

XIV Festival de Teatro Amador Terras de Camilo
Auditório do Centro de Estudos Camilianos  | 21h30
Entrada livre, mediante inscrição e até à lotação das salas.
Sáb 29 Fev

Teatro

Bailado Russo, de Anton Tchechov

XIV Festival de Teatro Amador Terras de Camilo
Auditório do Centro de Estudos Camilianos | 21h30
Entrada livre, mediante inscrição e até à lotação das salas.