Agenda Municipal / Exposições 25 de Abril de 1974. Quinta-feira

Até 30 Mai
Comemorações dos 50 anos do 25 de Abril de 1974


Praça – Mercado Municipal

Entrada livre

As fotografias da autoria de Alfredo Cunha a expor no Mercado Municipal foram captadas pela sua objetiva no dia 25 de Abril de 1974.  Fazem parte da sua coleção fotográfica e perpetuam a “quinta-feira” que documenta a História de Portugal, em centenas de manuais escolares e livros sobre esta revolução. Em 1974, Alfredo Cunha, era um jovem fotógrafo amador, de 20 anos, que ansiava a fotografo profissional, desconhecendo então o impacto que a sua reportagem iria causar ao longo destes 50 anos.

Nota Biográfica:
Alfredo Cunha nasceu em 1953, em Celorico da Beira.  Em 1970, iniciou a carreira profissional em fotografia publicitária e comercial; no ano seguinte, estreou-se como fotojornalista no jornal Noticias da Amadora. Colaborou com os jornais O Século e O Século Ilustrado, com a revista Vida Mundial, com a Agência Noticiosa Portuguesa - ANOP e com as agências Notícias de Portugal e Lusa. Foi fotógrafo oficial dos presidentes da República Ramalho Eanes e Mário Soares, e recebeu a Comenda da Ordem do Infante D. Henrique. No jornal Público, foi editor fotográfico entre 1989 e 1997, e integrou o grupo Edipresse como fotógrafo e editor. Em 2000, começou a trabalhar na revista semanal Focus. Em 2002, colaborou com Ana Sousa Dias no programa televisivo Por Outro Lado, da RTP2. Entre 2003 e 2009, foi fotógrafo e editor do Jornal de Notícias. De 2010 a 2012, foi diretor fotográfico da Agência Global Imagens. Atualmente, trabalha como freelancer e desenvolve vários projetos editoriais.

Do seu percurso, destacam-se as séries de fotografias dedicadas ao 25 de Abril de 1974, à descolonização portuguesa em Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, Timor-Leste e Cabo Verde, ao PREC (Processo Revolucionário em Curso, 1974- 1975), à queda de Nicolae Ceausescu, na Roménia (1989), e à Guerra do Iraque (2003). Publicou diversos livros de fotografia, entre os quais: Raízes da Nossa Força (1972), Vidas Alheias (1975), Disparos (1976), Naquele Tempo (1995), O Melhor Café (1996), Porto de Mar (1998), 77 Fotografias e Um Retrato (1999), Cidade das Pontes (2001), Cuidado com as Crianças (2003), Cortina dos Dias (2012). O Grande Incêndio do Chiado (2013), Os Rapazes dos Tanques (2014), Toda a Esperança do Mundo (2015), Felicidade (2016). Fátima, enquanto Houver Portugueses (2017), Mário Soares (2017), Retratos 1970-2018 (2018), O Tempo das Mulheres (2019), A Cidade Que não Existia (2020), Leica Years (2020), Dedicatória (2021), O Livro da Maia (2021), A Benção dos Animais (2021) e Porto - A Cidade das Pontes (2022).


1143 leituras

Eventos que vão acontecer