O SEU LUGAR
Região Empreendedora Europeia

Poiares Maduro defendeu em Famalicão “a importância das respostas locais para os desafios globais”

21-03-2024

“Onde há mais competências e mais capacidade de intervenção ao nível local, os Estados estão em melhores condições de responder aos desafios globais, para serem mais competitivos e garantirem melhores condições de vida para as suas populações”. A ideia foi deixada hoje por Miguel Poiares Maduro, em Vila Nova de Famalicão, na conferência “Desafios Globais e o Papel das Instituições e Agentes Locais na Internacionalização dos Territórios”, promovida no âmbito da estratégia de internacionalização do município famalicense e integrada nas ações de Famalicão Região Empreendedora Europeia 2024.

Poiares Maduro falou dos grandes desafios globais que se colocam à governança e do papel vital das instituições locais e dos seus agentes na construção de um território mais competitivo, inovador e internacionalizado. “Temos dados muito sólidos que nos demonstram que os países mais descentralizados são países com nível de desenvolvimento económico e social superior e, desse ponto de vista, as políticas públicas são também mais eficazes quanto mais conhecerem e se adequarem ao território, porque permitem maior experimentação, mais qualidade de resposta e eficácia às necessidades das pessoas. É neste prisma que as autarquias locais desempenham um papel fundamental neste processo” disse.

Recorde-se que desde 2018 que a autarquia famalicense está empenhada em promover uma estratégia de diplomacia urbana, visando a internacionalização de Famalicão. A Rede de Embaixadores VNF Alliance é reflexo desse empenho e simboliza o compromisso da Câmara Municipal em promover a colaboração entre agentes locais, tanto privados como públicos, com o objetivo de abrir Famalicão ao mundo.

A este propósito, o presidente da Câmara de Famalicão Mário Passos deu conta de um trabalho nas políticas públicas do município “para estimular o crescimento, aumentar a competitividade e criar condições para a sustentabilidade a longo prazo”.  Mário Passos apontou o reconhecimento de Famalicão como Região Empreendedora Europeia, como um bom exemplo desta estratégia “que nos projeta internacionalmente” e reconhece a capacidade empreendedora do concelho, assente na estratégia do Famalicão Made In ao Famalicão Created IN, com inovação, resiliência e em linha com os princípios da transição verde e da transição digital expressos nas políticas europeias.

3640 leituras