Pesquisar
 
 
 
 
Alterar tamanho do texto
Freguesias
Paulo Cunha elogia crescimento e dinamismo das Vilas de Ribeirão e Joane
    04-07-2019
    O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, participou esta quarta-feira, nas sessões comemorativas do 33.º aniversário das Vilas de Ribeirão e Joane. Manifestando-se orgulhoso pelo crescimento e desenvolvimento destas duas vilas do concelho, nos últimos anos, o autarca fez questão de marcar presença em ambas as cerimónias.

    Em Ribeirão, o dinamismo da vila foi testemunhado pelo Monsenhor Manuel Joaquim Fernandes, pároco na freguesia desde 1978, há já 41 anos, e presidente da Direção do Centro Social Paroquial de Ribeirão.

    O monsenhor que viu nascer a Vila e tem assistido ao desenvolvimento social e económico da comunidade ribeirense, foi homenageado no âmbito das comemorações e destacou “o crescimento e aumento da qualidade de vida em Ribeirão nos últimos anos”. “Ribeirão tem evoluído muito e isso deve-se ao trabalho desenvolvido pela comunidade em conjugação de esforços com os vários poderes institucionais”.
    Para o pároco – uma personalidade emblemática da freguesia e do concelho – “Ribeirão não é uma ilha, é uma comunidade que vive em harmonia com as localidades vizinhas, porque o desenvolvimento é contagiante e isso nota-se em Vila Nova de Famalicão”.

    Isso mesmo salientou também o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, que destacou a presença de vários autarcas do concelho na cerimónia comemorativa, como prova da união e coesão do território famalicense. “Existe uma relação de grande proximidade entre as várias localidades o que proporciona um desenvolvimento coletivo saudável e harmonioso”, acrescentou Paulo Cunha.

    Entre os vários elogios dirigidos ao crescimento e dinamismo na Vila de Ribeirão, destacou-se, no entanto, uma exigência comum, partilhada pelos vários responsáveis. Trata-se das obras na Estrada Nacional 14, nomeadamente o acesso à vila e à cidade vizinha da Trofa. O problema já antigo voltou a ser recordado por todos os intervenientes.

    Para Paulo Cunha “o que está a ser feito é um sinal, mas queremos coisas mais concretas”. Também o presidente da Junta de Freguesia, Adelino Oliveira, lembrou que “apesar da beneficiação da EN14 já ter começado, o contributo que chegou a Ribeirão ainda é muito pouco”. “Os problemas associados a esta via estruturante para a nossa freguesia estão, neste momento, a estrangular o desenvolvimento da Vila e enquanto não tivermos à vista uma solução que sirva os interesses dos ribeirenses e das suas empresas, não podemos estar satisfeitos”.

    Mas, o dia era de festa e a Junta de Freguesia aproveitou a cerimónia para prestar homenagem a vários atletas desportivos, empresas e individualidades da vila.

    “Joane é exemplo de maturidade, dimensão e desenvolvimento”

    Entretanto, nas celebrações do 33.º aniversário de Joane, Paulo Cunha apontou a vila joanense como “um pilar fundamental para a estratégia concelhia” e “um brilhante exemplo de maturidade, dimensão e desenvolvimento”.

    O Presidente da Junta, António Oliveira, salientou a evolução da vila ao longo dos últimos anos, mas lembrou que há ainda muito a fazer, elencando alguns dos atuais anseios da comunidade, nomeadamente, a melhoria das acessibilidades e dos espaços públicos do centro da freguesia e a construção de um edifício de raiz para a Unidade de Saúde Familiar de Joane.

    Sobre esta última reivindicação, Paulo Cunha explicou que, nesta matéria, a Câmara e a Junta de Freguesia estão de acordo nas questões que deles dependem. “Falta agora que o Governo central dê um sinal de que tem condições para fazer esse investimento”, disse.

    Anseios que o autarca considera serem “legítimos”, que “criam expectativas sólidas de futuro” e que, acima de tudo, demonstram que a comunidade de Joane continua “ambiciosa e arrojada”, tal como o era há 33 anos, quando foi elevada a vila.

    “Não são reivindicações. São ambições conjuntas da Junta de Freguesia e da Câmara Municipal que demonstram que esta comunidade não estagna, está em progresso e está constantemente a procurar novos patamares de desenvolvimento”, acrescentou o edil.

    A cerimónia ficou ainda marcada pela homenagem da Junta ao grupo desportivo Associação Juventude de Joane, pelo seu trajeto e resultados obtidos quer a nível desportivo - campeão da Liga de Futsal de Famalicão e vencedor da Taça da Liga no escalão de infantis – quer pelo envolvimento de crianças e jovens da freguesia na prática desportiva.
03/07/2019 Paulo Cunha elogia crescimento e dinamismo da Vila de Ribeirão
Imagem: FAMA TV
    Receber Notícias
 
 
Subscrever RSS  
 
Enviar por email  
 
Imprimir  
573 leituras
 
 
TOPO
 
   
  Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão © copyright 2019 | handmade by brainhouse